Usina de Letras
Usina de Letras
18 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61958 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3235)

Ensaios - (10261)

Erótico (13560)

Frases (50368)

Humor (19994)

Infantil (5390)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140716)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Gripe Suína? -- 22/07/2009 - 05:33 (Alzira Chagas Carpigiani) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos


Sinto-me desfalecer

Morrer deve ser isso...

Amolecer célula por

célula.

A vida parece tão frágil

do alto dessa febre,

o calafrio é incômodo

e afasta a razão

de dentro de mim.

Baixa uma versão

apática do que eu

já fui...

Verbo no passado...

Já não sou mais.

O mal me consome

Alguém ri...

Da febre ela faz

um pandemônio.

Da gripe ela

é quase a última

sobrevivente...

O ar entra oprimido

em meus pulmões.

Mal dou conta da quantidade

necessária para continuar

ativa...

Morrer deve ser isso

e ninguém liga.

Ninguém me dá a menor

atenção...

E um vento frio,

atrevido e mau

entrou pela fresta da

porta...

Eu juro que vi a Morte

ela estava olhando para mim

com sua foice na mão...

Eu juro.



(SP. 20/06/2008)

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui