Usina de Letras
Usina de Letras
29 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61963 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3236)

Ensaios - (10264)

Erótico (13560)

Frases (50382)

Humor (20001)

Infantil (5391)

Infanto Juvenil (4726)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140719)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6142)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->PROVOCAÇÃO -- 28/05/2009 - 01:40 (Alfredo Burghi ) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
PROVOCAÇÃO



Não chora ali por si mesmo. Chora porque o choro é provocado por ela. Não que ela esteja presente. Ele não precisa da presença dela para sentir-se tocado pelos sentimentos dele por ela. Suas imagens são suficientes para, quase sempre que ele se lembra dos momentos juntos, ele chorar, não se conformando com as suas ausências. E suas imagens são o que permanecem. Ela se foi, mas suas imagens ficaram. Ele considerou se desfazer delas. Pensou muito nessa possibilidade. Ele pensava muito sempre. Especialmente quando se tratava de pensar sobre assuntos com envolvimento emocional. Algumas vezes achou que seria fácil se desfazer. Era só se desfazer e pronto. Outras vezes achava que não tinha esse direito. Chegava a imaginar que poderia se arrepender ou até ser castigado por praticar um ato de alguma barbárie. No fundo era um homem delicado. Diziam os que o conheciam que ele não teria coragem de destruir um copo velho de geléia. Mas, enquanto não se decidia sobre como fazer para se desfazer das imagens, elas ficavam lá e lhe provocavam o choro... como neste momento.

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui