Usina de Letras
Usina de Letras
23 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61949 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10254)

Erótico (13559)

Frases (50353)

Humor (19993)

Infantil (5387)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140710)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Erotico-->NÃO VEJO A HORA -- 16/09/2004 - 23:39 (ADÃO JORGE DOS SANTOS) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Não vejo a hora

Não vejo a hora de sair em disparada
Correndo até a parada,
Sentar ao teu lado
Sem parecer abusado.

Não vejo a hora de saciar a sede do teu corpo com meu corpo.

Não vejo a hora de fazer parte do teu sonho
Poder despertar teus sentimentos,
Ouvir você gritar meu nome entre um beijo e outro
Para depois desfalecer de amor em meus braços.

Não vejo a hora de destravar a timidez e falar tudo sem medo de rejeição.

Não vejo a hora de ficar sozinho com você
Te despir por dentro e por fora,
Entrar e sair sem pedir licença,
Ser dono da situação.

Não vejo a hora de ligar o telefone
Só para ouvir a tua voz,
Só para saber que esta bem.

Não vejo a hora de deixar de ser amigo,
Para ser o homem da tua vida,
O cara que vai te dar prazer,
E te levar ao orgasmo.

Não vejo a hora de fechar a porta do quarto,
Tirar sua roupa e colocar junto a minha,
Preparar o meu melhor beijo,
Sabendo que a noite lá fora,
Esta apenas começando.

Não vejo a hora............
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui