Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
54 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59142 )

Cartas ( 21236)

Contos (13107)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9441)

Erótico (13481)

Frases (46534)

Humor (19286)

Infantil (4462)

Infanto Juvenil (3732)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138253)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5528)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->FERIDA -- 19/03/2009 - 23:24 (Cristina Ancona Lopez) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. Abri a janela, amanhecia o dia, uma borboleta branca entrou. Voou pela casa, visitou os cômodos e, decidida, pousou no sofá.

Cheguei perto de mansinho, deixou que eu me sentasse ao lado, fiquei, ficou, ficamos paradas, cada uma com suas recordações.

Vez em quando balançava as asinhas e eu pensava não vá ainda e acho que escutava porque pacientemente ali ficava, alimentando meus pensamentos que voavam, a ir e vir.

Então mexeu-se novamente, levantou um pequeno vôo e, decidida, pousou delicadamente em mim; branca, leve, arrojada, linda, e de tão linda remexendo lembranças e de tão linda abrindo, de novo, a ferida.

Tenho saudade de ti. Ai que saudade dolorida tenho de ti!!!!

18/03/09

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui