Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
83 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57106 )
Cartas ( 21170)
Contos (12598)
Cordel (10092)
Crônicas (22211)
Discursos (3137)
Ensaios - (9015)
Erótico (13403)
Frases (43755)
Humor (18485)
Infantil (3792)
Infanto Juvenil (2717)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138313)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4891)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->VIRTUAL E REAL -- 25/05/2008 - 02:26 (Ivone Carvalho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
VIRTUAL E REAL
(Ivone Carvalho)

A diferença de idade entre eles era gritante. Ela, uma senhora de meia idade, bem casada, filhos moços.

Ele, apenas um garoto ainda, mais novo que os filhos dela. Conheceram-se numa festa de confraternização de final de ano, na empresa onde ela trabalhava. Beberam, riram, brincaram, cantaram enquanto ele tocava seu violão. No final da festa, trocaram e-mails. Passaram a corresponder-se, marcaram encontro numa sala de chat.

Diariamente se falavam nas salas de bate-papo. Foram se conhecendo cada vez mais e, quando menos esperavam perceberam que já viviam um romance virtual. Não o consideravam virtual, vez que já se conheciam pessoalmente, mas sabiam que era, porque as palavras que agora eram trocadas, eram totalmente diferentes de todas as que já haviam sido ditas pessoalmente.

Queriam voltar a se ver, mas nenhum dos dois tinha coragem de tomar a iniciativa. Ele, temia por ouvir um sonoro "não". Ela, sentindo-se até ridícula por estar vivendo uma paixão por um menino que poderia ser seu filho, prometia a si mesma que se controlaria e até evitaria um novo encontro.

Passaram meses conversando, namorando, vivendo um amor alucinado nas salas de chat. Não houve dia que ficassem sem se falar.

A necessidade do encontro, do contato físico, do toque, do beijo sentido, do calor e do cheiro falou mais alto. Combinaram detalhes para que não corressem algum risco de serem descobertos juntos por pessoas conhecidas. Sentiam, simultaneamente, sensações indescritíveis de medo, de loucura, de ansiedade, de realização, de paixão, mas não desistiram.

E o encontro aconteceu. Foi como sonhavam, pareciam dois adolescentes. Não existia qualquer barreira entre ambos. Amaram-se louca e desesperadamente. Queriam que o tempo parasse naquele momento.

Daí por diante, não mais conseguiram ficar longe um do outro. Muitos outros encontros aconteceram tão maravilhosos quanto o primeiro, até que um dia, ele não apareceu e nunca mais deu notícias!

Até hoje ela espera por ele. Ainda entra nas salas de bate-papo a sua procura, saindo de cada uma delas sem escrever uma só mensagem e desliga seu computador, sentindo uma lágrima escapar dos seus olhos...
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui