Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
90 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57115 )
Cartas ( 21170)
Contos (12599)
Cordel (10093)
Crônicas (22213)
Discursos (3137)
Ensaios - (9017)
Erótico (13404)
Frases (43773)
Humor (18491)
Infantil (3793)
Infanto Juvenil (2720)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138321)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4894)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Contos-->PEDRÃO (miniconto) -- 08/03/2008 - 19:41 (Paccelli José Maracci Zahler) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
PEDRÃO (miniconto)

Pedrão era o bamba do pedaço. Qualquer manifestação sua, todos os vizinhos, por medo, acatavam.
Pedrão trazia mulheres na madrugada e pedia para que elas gritassem para que todos os vizinhos soubessem que ele era bom de cama. Além disso, os gritos serviam de propaganda para outras mulheres do prédio. Parecia dizer:
- Se seus maridos não dão conta do recado, podem me procurar.
Pedrão dizia que com ele ninguém podia. Um dia, pisou na bola e meteu um revólver na boca de outro vizinho.
Foi denunciado, julgado e condenado a cinco anos de cadeia.
Como não tinha curso superior, ficou na mesma cela de Marcão Bombeiro, Reginaldo Pé-de-Mesa, Arrombador Maluco e Mangueirão das Alterosas.
Por cinco anos, teve quatro motivos para gritar de madrugada. Não se sabe se de dor ou prazer.
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 21Exibido 1070 vezesFale com o autor