Usina de Letras
Usina de Letras
122 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62161 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10449)

Cronicas (22530)

Discursos (3238)

Ensaios - (10347)

Erótico (13567)

Frases (50573)

Humor (20027)

Infantil (5422)

Infanto Juvenil (4752)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140790)

Redação (3302)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1959)

Textos Religiosos/Sermões (6182)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Contos-->Juntos e felizes -- 17/03/2001 - 12:25 (Zilton Fioravante Salgado) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
"Um dia a dor se dissipará". Disse ele. "... Não por não a sentirmos mais. Não por não lembrarmos mais de sua existência. Mas sim porque o nosso interior nós libertará..."

Nesse momento todos se levantaram, e olharam as maravilhas que os cercavam. Ali tinham estado por todo uma eternidade, mas nunca, por um instante sequer, tinham se entregado como naquele momento.

As palavras dele ecoam como uma melodia sagrada, que é repetida por todas as menores partes de seus corpos.

Ele permanecia sereno. Seu ser transmuta com o ambiente. Esparge luz, e os unge com uma alegria contagiante.

"Somos feitos para sentir até mesmo dor. Pois ela nos ensina a conhecermos tudo aquilo que temos em nos. E em qualquer momento, quando por ela passarmos, saberemos como a evitar".

Isso era tudo o que ele tinha a dizer. Os outros ainda em estado de maravilha contemplavam as palavras dele. E naquele momento o entenderam.

O lugar em que estavam, não é difícil de encontrar. As palavras dele não são complicadas de se assimilar. Por que tudo isto aconteceu, e acontece, dentro de cada um de nós.

Eles apenas viveram por um instante. Nunca o viram, nunca ouviram a voz dele. Também nunca encontraram uns aos outros, mas sabem que por alguns minutos, ou quem sabe horas, estiveram juntos e foram felizes.

Ele ainda está aqui, vagando livre por entre todos nós, porque ainda muitos não entendem o que ele tem a dizer. Nos circunda a cada minuto, lançando a força que precisamos, para nos tornarmos livres. Basta olhar para dentro e viver, que ele falará.

Zilton Fioravante Salgado
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui