Usina de Letras
Usina de Letras
47 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62422 )

Cartas ( 21335)

Contos (13272)

Cordel (10452)

Cronicas (22547)

Discursos (3240)

Ensaios - (10460)

Erótico (13578)

Frases (50823)

Humor (20078)

Infantil (5493)

Infanto Juvenil (4817)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1377)

Poesias (140878)

Redação (3322)

Roteiro de Filme ou Novela (1064)

Teses / Monologos (2437)

Textos Jurídicos (1962)

Textos Religiosos/Sermões (6241)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cordel-->UM CORAL DE PASSARINHOS! -- 06/11/2023 - 18:32 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos

UM CORAL DE PASSARINHOS!

1

Em qualquer hora do dia

Na mata ou no tabuleiro

Ecoa um som prazenteiro

Cheio de encanto e alegria

De uma doce sinfonia

Em suaves burburinhos

No chão, nos galhos, nos ninhos,

Pra se ouvir e apreciar.

Faz gosto a gente escutar

Um coral de passarinhos!

2

Uma orquestra natural

Em sonora melodia

Repleta de poesia

Formando um belo coral

No meio urbano ou rural

Pardais, tizius, caboclinhos,

Nos seus devidos cantinhos

Dão show espetacular.

Faz gosto a gente escutar

Um coral de passarinhos!

3

Toda a vida apreciei

Os passarinhos cantando

Com os sons abrilhantando

Nos cantos por onde andei

Que jamais esquecerei

Dos grandes aos miudinhos

Cantam sempre afinadinhos

Numa harmonia exemplar.

Faz gosto a gente escutar

Um coral de passarinhos!

4

Lá no meu sítio São João

Eu me criei escutando

Os passarinhos cantando

Na maior animação,

Guardo na recordação

Eu andando nos caminhos

Para as casas dos vizinhos

Passear e conversar.

Faz gosto a gente escutar

Um coral de passarinhos!

5

No lugar onde nasci,

Escutava muito bem

Xexéu, sabiá, vem-vem,

Rouxinol e bem-te-vi,

Jaçanã e juriti,

Entre os arbustos e espinhos

Nos aceiros dos caminhos,

Dando alegria ao lugar.

Faz gosto a gente escutar

Um coral de passarinhos!

6

Deixei a localidade

Onde nasci no sertão

Relembro com emoção

Meu tempo da mocidade,

Hoje escuto na cidade

Uns arrulhos de pombinhos,

Trinados de canarinhos

E outras aves a cantar.

Faz gosto a gente escutar

Um coral de passarinhos!

 

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui