Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
89 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57095 )
Cartas ( 21170)
Contos (12595)
Cordel (10090)
Crônicas (22210)
Discursos (3136)
Ensaios - (9014)
Erótico (13401)
Frases (43742)
Humor (18481)
Infantil (3788)
Infanto Juvenil (2712)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138305)
Redação (2926)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4887)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->O TEMPO ENGULINDO TEMPO -- 13/09/2008 - 20:25 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
O TEMPO ENGULINDO TEMPO

Jan Muá

13 de setembro de 2008





"O tempo é uma caixinha secreta onde ressoa a vida". Jan Muá







A face vitalizada dela

Me mostrou

Festivo e belo

Um instantâneo

Pujante

Soberano

E fotográfico do tempo

E isso me impressionou



Me comoveu

E me alertou



Em contraste

A voz rítmica do fado

"Ó tempo volta para trás"

Avançou em mim

Em pleno palco de memórias

Vindas de Lisboa

E me disse coisas à alma



Eu ouvi

Peguei sentidos

E retornei à face vitalizada dela

Senti a festa da matéria esplendente

Que a jovem cantora

Jogou nos meus olhos

E nos meus sentidos

Li nela a vida e a interpretei

Como se fossem letras e signos meus

Gravados em meu pergaminho molecular



Feliz

Pela vida que também tinha em mim

Em outro ritmo

Mas bem real!



Jan Muá

13 de setembro de 2008

Brasília- Ponto 14

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 74Exibido 417 vezesFale com o autor