Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
121 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57012 )
Cartas ( 21168)
Contos (12603)
Cordel (10073)
Crônicas (22187)
Discursos (3134)
Ensaios - (8995)
Erótico (13393)
Frases (43603)
Humor (18446)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2676)
Letras de Música (5469)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138216)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4847)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Noite Jogada -- 04/09/2008 - 23:15 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


NOITE JOGADA



Os tetos da cidade

jogam dominó

e aleatórios pássaros

rasgam a noite.



Mudos corações batem

igualando marca- passos

e pergunto ao acaso

por quê estou só.



Restam pensamentos audaciosos

pendurados dos telhados

e entre espaços e distâncias

vou caçando algum farol.



Guardo os pensamentos que recolho;

guardo a noite, guardo o sol.

Hei de te encontrar na lua nova!

Guardo a vida, guardo o eu só.





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 267 vezesFale com o autor