Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
11 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57389 )
Cartas ( 21182)
Contos (12609)
Cordel (10139)
Crônicas (22258)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44151)
Humor (18587)
Infantil (3849)
Infanto Juvenil (2804)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138551)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4944)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->TU -- 13/08/2008 - 08:58 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


TU



Tens um riso de criança

que convida às travessuras

como corda que balança

pendurada das estrelas.



Como praça que reclama

das gaivotas a festança,

carnavais e fins de tarde

enfeitiçados de esperança.



(Não consigo totalmente

traduzir o teu perfume;

as mensagens que revelam

teus sensores luminosos).



Nesse olhar que devaneia

captas pérolas e as levas...

Imagino que as digeres

e as devolves para a Terra;



eu aqui (qual ser que espera)

fumo a luz de tuas entregas...

Te descubro - sábio e fera

(e peço o mapa à tua estrela!).







Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui