Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
118 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58267 )
Cartas ( 21211)
Contos (12892)
Cordel (10242)
Crônicas (22111)
Discursos (3152)
Ensaios - (9257)
Erótico (13456)
Frases (45455)
Humor (18978)
Infantil (4207)
Infanto Juvenil (3295)
Letras de Música (5510)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138790)
Redação (3005)
Roteiro de Filme ou Novela (1059)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1935)
Textos Religiosos/Sermões (5287)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->Frei Dimão sermoniza no Recanto das Letras -- 27/07/2020 - 05:23 (Brazílio) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

 

 

Frei Dimão faz seu sermão da sex...agésima (104)

Já começo a duvidar
que o Criador é brasileiro
os preços do Alkas´Bar
espantam até cachaceiro

Na Barraca do Queiroga
a coisa inda fica mais feia
enquanto afunda a piroga
sua macaxeira permeia

O paiol da piedosa Nanda
é hoje a mais pura orgia
ela contudo acha que manda
sentada na rataria

De Lumah o belo jardim
após tanta chuvarada
que se encheu de capim
e requer poda dobrada

Até o Ateliê de Luna
de repente escureceu
virou um antro de comuna
co´o Miranda como Romeu

O facúrico monopólio
pecaminoso também
vive  hoje da troca de óleo
a empapar o seu Harém

Couscous já não se come
pois saiu até do menu
com gente passando fome
tudo engole Kathmandu

Se precisas dum cerzir
não mais procures por Guída
mais cedo saiu com Edir
para a sua usual fugida

Bebel que da Grécia veio
chegou aqui delirando
meteu Prometeu no meio
com ouzo de contrabando

A licoreira de Ene
reenchida a enésima vez
que corações não envenene
virou pecado da vez

E Nandinha do Ceará
pior que muita gente fez
no seu suco de gravatá
exagerou no Xerez

Entre as musas paraibanas
esqueça Roberta  ou Ramalho
pintou uma das mais bacanas
Gadelha, celestial t(rab)alho

Apetites, matou o Wramos
cercado de comensais
mas a crise que cavalgamos
nos atola em lodaçais

A condução coercitiva
devia vir desde a creche
a nossa gente emotiva
se alegra é co´a fOdebrecht

Dilmandona quis blindar
seu mais poderoso amuleto
mas só fez mais trapalhar
como a Gilda de Rigoletto

E Cunha, grande vestal
da mais perfeita justiça
tem repugnância total
de tudo quanto não é Suíça

Só com só ares Milionário
é que a cura vamos achar
pra esse Brasil salafrário
co´o cajado a cantar

Até o Pai já desistiu
voltando ao seu lugar
jorrou bênçãos no Brasil
só pra já ir cloroquinar....

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 24Exibido 46 vezesFale com o autor