Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
264 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57958 )
Cartas ( 21205)
Contos (12814)
Cordel (10234)
Crônicas (22052)
Discursos (3145)
Ensaios - (9193)
Erótico (13451)
Frases (45046)
Humor (18884)
Infantil (4093)
Infanto Juvenil (3132)
Letras de Música (5498)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138522)
Redação (2984)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5195)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->O VÍRUS DOS LADRÕES -- 01/06/2020 - 06:33 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Todo ano surge na Terra

Uma nova epidemia,

Que logo os interesses

Transformam em pandemia.

Criando na população

Muito medo e agonia.

 

O terrorismo se inicia.

O preço da vitamina,

De máscara, de remédios

E até da penicilina

Imediatamente aumenta

Às escuras na surdina.

 

Depois surge a vacina.

E o mundo não se acaba.

O povo acostuma-se

A praga não é mais a diaba.

De repente se esquece

A doença não é mais braba.

 

Nunca a corrupção acaba

E se alastra a propina

Pior do que Vaca Louca

Do que a Peste Suína

Disseminada na Globo

Outra das nossas ruínas.

 

Não foi a peste bovina

Que nos trouxe tanto medo

Mas o covid dezenove

Mudou todo nosso enredo

E está causando estrago

Isso não é nenhum segredo.

 

O vírus lá em Penedo

Mata mais que pistoleiro

Mais do que o carnaval

Que ocorreu em fevereiro

Mas é bem menos violento

Do que nossos ladroeiros

 

 

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, MARÇO/2020

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 25Exibido 34 vezesFale com o autor