Usina de Letras
Usina de Letras
16 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61962 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3236)

Ensaios - (10264)

Erótico (13560)

Frases (50379)

Humor (19998)

Infantil (5391)

Infanto Juvenil (4725)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140716)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Cronicas-->Marcas e Rugas -- 28/11/2004 - 15:38 (Ana Pierri) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
     Marcas e Rugas


     Ana Pierri


     Às vésperas de mais um aniversário resolvi encarar o espelho de frente. Assim, bem de pertinho, com lente de aumento.

     É fato: continuo bonita.

     Os cabelos brancos? Escondo até de mim. Pura vaidade!

     O corpo? Bem... É vítima de somatizações, de ansiedades mal resolvidas. Há anos sou sanfona.

     Mas o rosto? Ah! Ele sim, continua bonito.

     Algumas marcas e rugas se fazem presentes. As do canto dos olhos se formaram a cada sorriso. E sorri muito! As do meio vieram com as preocupações. As indagações e as dúvidas trouxeram as da testa. São todas fruto do meu viver. São minhas. Orgulho-me de cada uma.

     Revirei armários e gavetas atrás de fotos antigas: a escola primária, as travessuras da infància, o álbum de casamento, o nascimento do filho. Sorriso jovial e inocente. As rugas ainda não estavam lá. Meu rosto tinha o frescor da juventude, mas faltava a história, que se construía.

     Hoje, guardo no olhar a maturidade dos anos vívidos e das experiências acumuladas. Conquistas e perdas. Vindas e idas. Amores e desamores. A serenidade e a alegria da maternidade. Sou mais completa, mais mulher.

     Constato que a vida não deixou somente rugas, mas conferiu ao meu olhar um certo mistério. Desvendado, contará meu viver. Desnudará minha alma.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui