Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
100 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57270 )
Cartas ( 21179)
Contos (12594)
Cordel (10122)
Crônicas (22216)
Discursos (3138)
Ensaios - (9042)
Erótico (13409)
Frases (44016)
Humor (18559)
Infantil (3826)
Infanto Juvenil (2775)
Letras de Música (5474)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138439)
Redação (2934)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2404)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4933)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->VOCÊS?1 RESPEITE A LITURGIA -- 01/12/2019 - 08:45 (HENRIQUE CESAR PINHEIRO) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Um dos deuses do supremo

Sentido a honra ofendida

Por ser chamado você

Advogada foi repreendida

A vergonha foi tamanha

Que ela está deprimida.

 

Mas o deus dá nossas vidas

De bandeja pra bandidos

Porém por nenhum momento

Isso o deixa constrangido

Mas José Neumâne Pinto

Botou-o no lugar devido.

 

Se não fosse o seu primo

Ninguém rezaria pro “deus”

Era mais um Zé Ninguém

Igual a muitos dos seus

Morreria esquecido

Pequeno como um pigmeu.

 

Ser chamado de excelência

Exigiu o deus supremo

Com falta de educação

Petulante ao extremo

Esquecendo-se que é

Menor que um treponemo.

 

Com toda sua arrogância

Dele ninguém lembrará

Diferente de um Moro

Que pra sempre ficará.

E a História do Brasil

Do deus nunca falará.

 

Os feitos do Fala Mansa

Nunca serão referência

Se algum dia forem citados

Serão como excrescências.

E se forem lembrados

Não será por competência.

 

 

HENRIQUE CÉSAR PINHEIRO

FORTALEZA, NOVEMBRO/2019

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 25Exibido 39 vezesFale com o autor