Usina de Letras
Usina de Letras
81 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 62145 )

Cartas ( 21334)

Contos (13260)

Cordel (10448)

Cronicas (22529)

Discursos (3238)

Ensaios - (10339)

Erótico (13566)

Frases (50551)

Humor (20021)

Infantil (5418)

Infanto Juvenil (4750)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1376)

Poesias (140784)

Redação (3301)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1958)

Textos Religiosos/Sermões (6175)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Ao Meu Pequenino -- 15/04/2008 - 22:42 (Angela Barreto Alves) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131361636753613300
Em meu ventre sinto que existes.

Como é doce senti-lo mexer.

É como se conversasses comigo.

Adoro olhar você, embora na verdade,

Não o possa ver.

Como é você?

Louro, moreno, menino, menina?

Sinto uma vontade louca

De poder ver seu rostinho,

Pegar essas mãozinhas pequeninas,

Que eu espero um dia

Poder sentir em meu rosto,

A me fazer carinho.

Te amo e me sinto feliz

Em tê-lo para mim.

És todo meu.

E num dia muito próximo

Sairás de meu ninho,

E passarás a pertencer ao mundo,

E não a mim.

E quem sabe esquecerás,

Que num dia

Moraste num ninho

Cheio de amor por você.

(Alegna Navrom)

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui