Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
224 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58162 )
Cartas ( 21211)
Contos (12859)
Cordel (10239)
Crônicas (22095)
Discursos (3147)
Ensaios - (9230)
Erótico (13453)
Frases (45309)
Humor (18940)
Infantil (4163)
Infanto Juvenil (3236)
Letras de Música (5506)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138722)
Redação (2997)
Roteiro de Filme ou Novela (1058)
Teses / Monologos (2418)
Textos Jurídicos (1934)
Textos Religiosos/Sermões (5254)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Ciranda -- 14/04/2008 - 17:22 (Marilisa Loureiro Gomes) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Este colar que se prende

em volta do meu pescoço

contém em cada continha

um pouco da minha vida.



Estas pérolas branquinhas

entremeadas de miçangas

lembram um tempo tão distante

de sorrisos e esperanças.



Enquanto as pérolas negras

suspensas por canutilhos

ai meu Deus, que desatino!

Que incertezas no caminho.



Entre as contas coloridas

tanta gente, malha urdida

visualiza-se um espaço-

é do amor que me encantou

que "era vidro e se quebrou".

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui