Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
100 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57553 )
Cartas ( 21185)
Contos (12639)
Cordel (10186)
Crônicas (22293)
Discursos (3141)
Ensaios - (9094)
Erótico (13416)
Frases (44330)
Humor (18630)
Infantil (3917)
Infanto Juvenil (2862)
Letras de Música (5480)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138280)
Redação (2948)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2412)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4995)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->AVISO -- 08/04/2008 - 20:47 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


AVISO



Habito um mundo

viciado

que reconheço inventado

como talismã...



És a pedra que reflete o sol

e como vicio que manda

recrio teus olhos

com cara de mar...



Sonho com força

alucinadamente

por ser mulher

e ter a alma nua...



Pode tudo -talvez-

ser mentira,

e um dia outono;

rimar o final.



Pode o inverno,

de folhas mortas;

dizer que é chegada

a hora de marchar.



Nesse então

-se chegar;

farei malas hipnóticas

de mundo real.



Deixarei nosso universo

para que nele

–é claro-

convides alguém.



Mas então;

põe recado.

- com fé e congelado!-

que eu saio a mandado...



Porque enquanto viciada

acho chaves no bolso

e visito teu mundo

fazendo-o meu...



(ao VIU)



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui