Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
79 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57055 )
Cartas ( 21170)
Contos (12597)
Cordel (10080)
Crônicas (22199)
Discursos (3134)
Ensaios - (9003)
Erótico (13395)
Frases (43648)
Humor (18456)
Infantil (3773)
Infanto Juvenil (2688)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138244)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4854)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->TEU JOGO -- 25/03/2008 - 00:33 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


TEU JOGO



Quero que saibas da ausência

assim como da presença.

Que reiteres com paciência

que esperar é mera ciência.

Que conheças meu caminho

numa incidência direta

sem perder de vista o rumo

do meu coração sem prumo...



Eu bem sei das coisas velhas

que norteiam as histórias

entre homens e mulheres

que referem suas glórias.

Ou seria entre os que amam

sem levar em conta a trama...

Sei das normas destes jogos

e conquistas que proclamam.



Não cultivo mais os contos

que se vestem de revistas

por saber que é passageiro

seu roteiro e novelista:

a verdade enlaça a vida

sem brinquedos nem mentiras.

Eu aposto o corpo inteiro

num contato sem rodeios.



Por confiar nessa magia

do intercâmbio das ausências

vou pescar nossas presenças

como pérolas achadas.

Tenho um lema : sem receita!

Aposto tudo (e sem engodo).

Se enganada ; vou-me logo.

Se me queres... sou teu jogo!



(pro Uósh)
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 301 vezesFale com o autor