Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
139 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57014 )
Cartas ( 21168)
Contos (12608)
Cordel (10074)
Crônicas (22188)
Discursos (3134)
Ensaios - (8996)
Erótico (13393)
Frases (43608)
Humor (18448)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2676)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138217)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4847)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->CHANCE -- 19/02/2008 - 00:45 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


CHANCE



Adoro te ver meio em nada

Sabendo que estás mesmo em tudo.

Despertas batidas danadas

do meu coração ressabiado.



Agarro essa chance de humano

- e me viro qual fada amestrada.-

Percorro os momentos confusos

do sonho com cara lavada...

Nos dias que passam e enganam

construo refúgios secretos.

Se queres terás meu espaço

guardado, no meio do peito.



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 353 vezesFale com o autor