Usina de Letras
Usina de Letras
62 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59266 )

Cartas ( 21241)

Contos (13145)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9460)

Erótico (13486)

Frases (46705)

Humor (19310)

Infantil (4487)

Infanto Juvenil (3784)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138412)

Redação (3058)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5562)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->FILHO PRÓDIGO -- 13/02/2008 - 00:53 (benedito morais de carvalho(benê)) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
por ti mãe gentil

sentei praça

fui soldado

nos quarteis

empunhei fuzil

enterrei cruzeiros

levei cruzados

fui empulhado

fiz boicotes

engoli pacotes

fui ludibriado

votei enganado

mãe gentil,

pátria minha

meu Brasil

em teu benefício

não escolho ofício

não importa o sacrifício

por ti morro sem receio

apanho,bato e esperneio

mesmo de saco cheio.



Autor: Benedito Morais de Carvalho(benê)

Livro: Azul (1996)
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 49Exibido 439 vezesFale com o autor