Usina de Letras
Usina de Letras
64 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59266 )

Cartas ( 21241)

Contos (13145)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9460)

Erótico (13486)

Frases (46705)

Humor (19310)

Infantil (4487)

Infanto Juvenil (3784)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138412)

Redação (3058)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5562)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->BRINCA DE AMAR -- 10/02/2008 - 23:06 (benedito morais de carvalho(benê)) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
BRINCA DE AMAR,

BRINCA DE FICAR,

BRINCA DE CASAR,

DIZ QUE ME AMA,

ME ENGANA,

SE O AMOR TE APANHAR

ME CHAMA,

DE MUITO ILUDIDO,

JÁ TEREI PARTIDO,

PRA OUTRA AMAR,

TARDE SERÁ

QUANDO ME PROCURARES

AMANDO DE VERDADE

LOUQUINHA PRA CASAR,

ESTAREI NOS BRAÇOS DE OUTRA,

DEIXANDO-ME ENGANAR,

PENSANDO NAS OUTRAS,

BRINCANDO DE AMAR,

BRINCANDO DE CASAR,

EU AMO BRINCAR.



Autor: Benedito Morais de Carvalho(benê)

Livro: Quase Poético (1994)

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 49Exibido 449 vezesFale com o autor