Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
103 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57023 )
Cartas ( 21168)
Contos (12612)
Cordel (10075)
Crônicas (22188)
Discursos (3134)
Ensaios - (8996)
Erótico (13394)
Frases (43615)
Humor (18448)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2679)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138224)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4848)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Viciando -- 21/10/2007 - 21:58 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


VICIANDO



Não me tornes viciada

Em tua ausência muda.

Acabo visitando cruéis lugares

Completos de esperança

Como luz duvidosa,

Como marca...



Torna-me viciada

Em tua presença mágica

Que sobrevoa as alternativas

Dizendo a tudo que chegarás.

Abraçando umas montanhas

Como amigos,

Com as árvores dançando

E outras coisas a entender,

E trazendo em tua passagem

Nosso mundo.



Torna-me perigo

Que não queiras evitar,

E que busques como instinto

Acariciando o labirinto

Que armarei para te dar.

Torna o nosso, mais que tudo:

Mais que a ausência - e que fugaz

Mais que o nada, mais que pouco...

Quero o vicio que não espera.

E esperar – te; até chegar...



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 298 vezesFale com o autor