Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
96 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57395 )
Cartas ( 21182)
Contos (12616)
Cordel (10141)
Crônicas (22260)
Discursos (3139)
Ensaios - (9065)
Erótico (13414)
Frases (44153)
Humor (18595)
Infantil (3853)
Infanto Juvenil (2804)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138563)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2409)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4945)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->TROCAS -- 30/08/2007 - 00:28 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
TROCAS

Viajo entre paralelepípedos e ruídos

como transeunte que cochila em filas.

Troco meus olhares como carimbos

entre luzes de tantos olhos

de tantos outros.

Moramos na solidão de nenhuma espécie

-entre tantas-

e sós nos atravessamos como lanças.

Banais como cordas bambas em desespero

percorremos as ruas como balas,

alimentamos o ar poluído

com sonhos perdidos;

com manhãs anônimas cheias de minutos

que passam...

E rendemo-nos –finalmente- ao cansaço

como hipertensos navegantes,

ofegantes e deslocados

num mundo que permuta

comida por dinheiro,

conforto por dinheiro,

saúde por dinheiro

e dinheiro...

por tudo.

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui