Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
235 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57914 )
Cartas ( 21200)
Contos (12732)
Cordel (10223)
Crônicas (22341)
Discursos (3145)
Ensaios - (9155)
Erótico (13440)
Frases (44823)
Humor (18798)
Infantil (4032)
Infanto Juvenil (2998)
Letras de Música (5486)
Peça de Teatro (1324)
Poesias (138560)
Redação (2965)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1931)
Textos Religiosos/Sermões (5103)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->CINZAS E CHAMAS -- 05/02/2001 - 09:54 (João Ferreira) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos




CINZAS E CHAMAS



Jan Muá

5 de janeiro de 2001







Sou como a Fênix da lenda

Uma ave secular que se consome

Nas chamas que ela própria ateia



Sou como a Fênix da lenda

Renascendo de minhas próprias cinzas

Quando ativo energia e criatividade



Sou como a Fênix da lenda

Quando libero minha juventude e maturidade

Para resgatar todo o saber do passado



Na minha sede de reinvenção

Sou a Fênix ciberespacial mas real

Que resiste nobremente à extinção.





Jan Muá

Brasília

5 de janeiro de 2001
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 75Exibido 716 vezesFale com o autor