Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
238 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57963 )
Cartas ( 21205)
Contos (12824)
Cordel (10234)
Crônicas (22053)
Discursos (3145)
Ensaios - (9195)
Erótico (13451)
Frases (45048)
Humor (18887)
Infantil (4095)
Infanto Juvenil (3134)
Letras de Música (5498)
Peça de Teatro (1328)
Poesias (138526)
Redação (2986)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2416)
Textos Jurídicos (1932)
Textos Religiosos/Sermões (5196)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->SERTANEJO AGRADECE PELA CHUVA -- 12/02/2017 - 00:35 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

Tantos anos que o SERTANEJO espera
ver a CHUVA chegar molhando a terra
do baixio até o topo da serra,
a beleza que a natureza gera,
ver a realidade da quimera,
a fartura invadir todo o sertão
com a safra de arroz, milho, feijão...
da colheita dos frutos do roçado.
SERTANEJO AGRADECE AJOELHADO
VENDO A CHUVA MOLHANDO A REGIÃO.

Glosa de minha autoria no mote do poeta repentista Aldaci de França

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui