Usina de Letras
Usina de Letras
26 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61963 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3236)

Ensaios - (10264)

Erótico (13560)

Frases (50382)

Humor (20001)

Infantil (5391)

Infanto Juvenil (4726)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140718)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6142)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Contos-->Juízo Final -- 21/07/2006 - 17:42 (Airton Sampaio de Araújo) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Juízo Final

sim, Sara, isso. Ora
a Terra essasteróide em pó a-fará e o doutor se-ri, ainda. Compassiva,
Sara, a Pedra, Methystos chamada, a dois dias de nós, apenas. Descarece
porém o doutor de se-ri, ainda que Isso da sua missão, de vez, o libere. Ora,
Sara, ¿não é comigo não, você?. Vinte
anos, doutor. Então,
Sara, condenar-me impode. Mas
minha netinha, doutor, a Natividade, ela é tão alegre, tão Sara,
a vida é que é Muito
sol e rara sombra, eu sei. Pois
deslacrimeje, criatura, que misericordiosa é a Tíbia Cósmica, essa. Cruel,
mesmo, é a vida. Sim,
Sara, viver é muito perigoso. Doutor,
chegou cliente. ¿VIU,
filha?, nem doeu. Doutor,
¿felizes são, mesmo, os nonatos, que nem meu filho, agora?. Sim,
filha, pois bem-aventuradaqueles que a este Vale de Lágrimas não vêm. Mas
difícil foi, doutor, estescolha. Olhe,
senhorita Sofia,
doutor Prudêncio, Evita Sofia Flores. Viver,
Sofia, é sofrer. Então,
doutor, essa Pedra Cósmica que aí vem Procede
do coração divino, enfim misericordioso, Ele. ¿Vai
doer, doutor?. Não,
Sofia, que separação, que é o que dói, separação inaverá.
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui