Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
112 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57033 )
Cartas ( 21169)
Contos (12596)
Cordel (10075)
Crônicas (22194)
Discursos (3134)
Ensaios - (8999)
Erótico (13394)
Frases (43630)
Humor (18451)
Infantil (3772)
Infanto Juvenil (2684)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1316)
Poesias (138227)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2400)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4849)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Barulhos e Sintomas -- 21/04/2007 - 19:41 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Barulhos e sintomas



Barulhos e sintomas de água

escalando um rumo no asfalto.

Encosto o nariz na minha janela,

esbanjo melancolia e te penso,

como banjo...



Chorar umas notas com a alma

abrindo a sensação de solidão

para que ela se esfacele entre as lembranças,

se confunda entre os desenhos como pó...



Assim te levo dentro e te carrego,

e assim te extirpo inteiro quando dói.

Assim te deixo quieto entre os arquivos

e faço pastas novas e te guardo, e espero e ressuscito...



Ainda assim te digo “te sei vivo”

e ordeno que essa busca continue-

que a turma do resgate não desista,

que eu possa alguma vez te descobrir...



O amor consegue sempre um passaporte, e invade a vida calma das pessoas.

Pergunto-me : consegue seu domínio, a existência além de um tempo,

além desses domínios da paixão?



Parece que ela vem e nos arranca

E então dizemos “sim, o amor chegou”...

Depois lhe concedemos permissões, o atamos e vestimos de senhor...

Então ele se cansa e se despede,

Restando-nos sintomas e um talvez...



Por isso não te tenho e me pergunto

Se é que te buscar me tira a dor...

O frio deste vidro e desta chuva: barulhos do mistério de um amor...

Amor que já nem sei se ainda existe

Ou tenho que dizer que já arquivou...





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 348 vezesFale com o autor