Usina de Letras
Usina de Letras
36 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59272 )

Cartas ( 21241)

Contos (13147)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9463)

Erótico (13486)

Frases (46710)

Humor (19312)

Infantil (4487)

Infanto Juvenil (3784)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138414)

Redação (3059)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5563)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->EXTASIADOS -- 08/04/2007 - 22:00 (benedito morais de carvalho(benê)) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Seremos felizes?

Não importa.

Dói a ânsia de amar

o amor é um vicio

dum jogo intermitente.

Comecemos sempre

sem pressa de errar...

sob sóis e chuvas

estamos crianças

nos parques da vida

acariciando árvores

saboreando sorvetes

violando canteiros

catando sementes

plantando sonhos

colhendo alegrias.

Estamos amantes

nos motéis da vida

nus e excitados

línguas inquietas

corpos entrelaçados

inteiramente doados

cansados de orgasmos

peguentos,suados.

Alheios ao futuro

cortaremos caminhos

andaremos descalços

entre castelos de sonhos

arruinados pelo tempo

tentando,quem sabe,

de mãos dadas

um renascer

incessante

de prazer.



Livro: Antipoético

Editora: Scortecci (2006)
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 49Exibido 387 vezesFale com o autor