Usina de Letras
Usina de Letras
29 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61962 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22531)

Discursos (3236)

Ensaios - (10264)

Erótico (13560)

Frases (50379)

Humor (19998)

Infantil (5391)

Infanto Juvenil (4725)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140716)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Vivo ... ou morto? -- 21/03/2007 - 16:51 (anderson jose de aguilar) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Vivo... ou morto?!



Marcado pela lança da solidão

verte a lágrima de sangue negro

e vive o silencio da mansidão

que o devora no buraco negro.



Come no prato da amargura

o dejeto da alma em podridão

e traga o fel na caneca escura

que intoxica a artéria rubra.



Anda de pé descalço e ferido

pela estrada de pedras em ponta,

e entra na floresta negra, mundo

macabro do demente ser humano.



A gargalhada de som que aterroriza

ressoa no corpo esquálido e inerte,

e impregna o ambiente já retorcido

de olhos esbugalhados pelo veneno.



No coração, a marcha fúnebre marca

o compasso do passo cambaleante

de pernas que não suportam o corpo

irrigado pela água de vermes frios.



O pulmão encharcado pelo enxofre

ventila a fumaça da desgraça cinza

e nua, que acorrenta o moribundo

cadáver que ainda pensa caminhar.



Anderson Aguilar

21/03/07

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui