Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
30 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13080)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->SUBVERSÃO -- 28/02/2007 - 21:21 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.



SUBVERSÃO

Silva Filho







Se a verve insiste e manda repetir as frases

Pouco importa que entendam por mesmice

Subverta-se a ordem, arrebentem-se as bases

Para que o poema sobreviva na sandice.



A temática do AMOR já calejou ouvidos

Ninguém pára pra pensar na NATUREZA

Falar de PAZ é motejo pra bandidos

FRATERNIDADE sucumbiu com a bruteza.



Apocalipse – é o que vemos pela frente

O Ser Humano mais e mais ensandecido

Mata seu irmão, mata flora e correntes.



Se ainda resta nas crianças um sorriso

Não sabem elas que homens embrutecidos

Multiplicam caos onde foi um paraíso.



/aasf/











Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 325 vezesFale com o autor