Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
100 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57505 )
Cartas ( 21184)
Contos (12608)
Cordel (10177)
Crônicas (22283)
Discursos (3141)
Ensaios - (9088)
Erótico (13416)
Frases (44277)
Humor (18618)
Infantil (3903)
Infanto Juvenil (2849)
Letras de Música (5479)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138234)
Redação (2946)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2411)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4981)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Mar a Mar -- 28/01/2007 - 09:33 (Padre Bidião) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Meu Mar a Mar...

Teu sorriso bramanteia-me...

No Teu olhar menina...

De um carinho Mulher...

Aos céus de uma estamparia Divina...

Na dor do caminhar

Brincas nu meu puro e assentido falar...

Ti olho todo dia e o dia todo...

Oh!!! Madalena-me de lá meu cá...

Escrevendo no sentir diabo...

Na enxurrada do meu torrão...

Nesse calor escaldante da minha mãe mulher Alagoas...

Olhe o sururu ta aqui...

Quentinho para o vosso deliciar...

Venha ao mar a mar de Alá cá...

Pára... Pára... A madrugada já rompida...

Acalorada na energia rá...



Beijos, amor, sentido e assentido...



Ti amo...



Pedoa-me...

Pois Não sou Santo...

E Peco Tanto diante de Ti...





Padre Bidião



Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui