Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
257 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59138 )

Cartas ( 21236)

Contos (13105)

Cordel (10292)

Crônicas (22196)

Discursos (3164)

Ensaios - (9439)

Erótico (13481)

Frases (46521)

Humor (19282)

Infantil (4461)

Infanto Juvenil (3729)

Letras de Música (5479)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138241)

Redação (3054)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5526)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Humor-->INCONFIDÊNCIAS ENTRE PAREDES -- 01/11/2003 - 15:45 (Benedito Generoso da Costa) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. INCONFIDÊNCIAS ENTRE PAREDES

Não é maior quem tem mais,
Porque todos são iguais
E o material se estraga.

É um fato consumado,
Neste recinto fechado
Todo orgulho se apaga.

As glórias não correspondem,
Quatro paredes escondem
Um pobre homem que caga.

É muito fácil dizer,
Difícil mesmo é fazer,
Na hora o macho treme.

Lá fora tem muita gente
Que dá uma de valente,
Dizendo que nada teme.

Mas quando chega aqui dentro
E senta em cima do centro
Caga mole e até geme.

A patente que nos diga,
Porque a dor de barriga
Deixa o cabra quase louco.

Tem gente que não agüenta
E no trono, quando senta,
Solta um grito meio rouco.

Um outro faz cara feia,
Retorce e sapateia,
Peida muito e caga pouco.

O pobre aqui vem cagar,
O rico vem defecar,
Porém tem que ficar nu.

O “status” pouco importa,
Porque atrás desta porta
Não tem eu e nem tem tu.

Seja pobre, ou seja, rico,
Quem senta neste pinico,
Solta merda pelo c*.

BENEDITO GENEROSO DA COSTA






Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 101Exibido 1021 vezesFale com o autor