Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
91 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57367 )
Cartas ( 21181)
Contos (12598)
Cordel (10136)
Crônicas (22252)
Discursos (3139)
Ensaios - (9064)
Erótico (13414)
Frases (44122)
Humor (18580)
Infantil (3845)
Infanto Juvenil (2800)
Letras de Música (5476)
Peça de Teatro (1320)
Poesias (138537)
Redação (2942)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2408)
Textos Jurídicos (1926)
Textos Religiosos/Sermões (4943)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Crônicas-->Os Periquitos -- 28/02/2004 - 21:31 (Marcelo de Oliveira Souza,IWA Instagram:marceloescritor) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Estava olhando os periquitos e não deixam de ter um comportamento semelhante ao nosso.
Quando tinha somente um, este ficava de canto, triste e choroso, quase não se movimentava, muito menos cantava.
Ao adquirir uma fêmea, tudo mudou, canta até no escuro, pulando de um lado a outro da gaiola.
Todos juntos, companheiros e carinhosos, só na hora da comida que o pau come.
Assim como nós precisamos uns dos outros, procuramos companhia, mas quando queremos almejar nosso próprio interesse, esquecemos a amizade e companheirismo e avançamos como um animal perante os nossos semelhantes.

Marcelo de Oliveira Souza
marceloosouzasom@hotmail.com
Tel 71*91253586
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui