Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
52 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59108 )

Cartas ( 21236)

Contos (13107)

Cordel (10292)

Crônicas (22195)

Discursos (3164)

Ensaios - (9435)

Erótico (13481)

Frases (46495)

Humor (19273)

Infantil (4456)

Infanto Juvenil (3718)

Letras de Música (5478)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138218)

Redação (3051)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5518)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->TUAS PALAVRAS -- 14/10/2006 - 18:41 (Domingos Oliveira Medeiros) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
. Tuas Palavras Eletrônicas

(por Domingos Oliveira Medeiros)



Tuas palavras, quando me escreves,

são coloridas.

Belas palavras! Da cor do céu.;

azuladas e atrevidas.

Infinitas palavras, me dizem tanto !

Falam de amor.; e no entanto,

são tão sofridas !



Já te li em cores diversas.

Do verde esperança ao amarelo.

Já te li em vermelho carmim.

Em todas elas sempre te venero.

Já te conheço em multicores

Teu arco-íris de mil amores

Já descobri porque te quero



É que me falta, apenas, uma cor.

A cor que ainda não pude ler.

A cor que tanto sonho com ela .

A cor que um dia desejo ter

perto de mim. A iluminar

A cor dos teus olhos. A me afagar

A cor que um dia espero ver.



Esse é o preço que tenho que pagar.

Na realidade de hoje, a verdade virtual .

Onde os recursos, assim permitem.

Escrever em cores, é bem normal .

Mas, no entanto, ainda persiste

O mais cobiçado, já não existe

Ele se esconde no irreal .





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui