Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
46 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59013 )

Cartas ( 21233)

Contos (13072)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9398)

Erótico (13482)

Frases (46351)

Humor (19239)

Infantil (4419)

Infanto Juvenil (3662)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138121)

Redação (3046)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1943)

Textos Religiosos/Sermões (5487)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->ESCOLA DE CORDEL -- 27/03/2013 - 07:41 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

ESCOLA DE CORDEL
Silva Filho



Desembarco neste canto
Que com LETRAS faz seresta
Vou entrando nesta festa
Pra provar do seu encanto.
Eu não trouxe o meu manto
Muito menos um talento
Se quiserem paramento
Eu só tenho a viola
O cordel é minha Escola
E também meu lenimento.

Venho aqui só pra ouvir
O que cantam esses bardos
Que superam os seus fardos
No caminho do porvir.
Também devo refletir
Sobre tudo que tem rima
Sendo dom que vem de cima
Não pode ser relegado
Eis aqui o meu recado
Comprovando a estima.

No cordel se tem de tudo
Como bom aprendizado
Se alguém fica exaltado
Há quem queira ficar mudo.
Para quem prefere ludo
Nunca faltará espaço
Sem ter medo de fracasso
Pode brincar de cordel
Pois para ser Menestrel
Basta seguir passo a passo.

Na rima se tem magia
Que faz mobilização
Cada qual com seu refrão
Em perfeita Confraria.
Quer de noite, quer de dia
Tem alguém compondo verso
Pois não falta universo
Pra guardar tanto poema
Ninguém fala em dilema
Eis um fato incontroverso.

/aasf/
27/03/2013

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 315 vezesFale com o autor