Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
42 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59030 )

Cartas ( 21233)

Contos (13074)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9399)

Erótico (13482)

Frases (46374)

Humor (19245)

Infantil (4422)

Infanto Juvenil (3668)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138127)

Redação (3048)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1943)

Textos Religiosos/Sermões (5490)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->Meu surubi do Chicão, .... -- 18/02/2013 - 20:51 (Elpídio de Toledo) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.

Foco no Absoluto. Focus sullo Assoluto.

 

 

 

 

O meu rio São Francisco

está perdendo o Fran,

vai ficar só com o cisco,

já não tem mais água sã.

 

É bom o saneamento,

pelo menos no projeto.

Mas quem tem discernimento

sabe o que é correto.

 

Numerário que repassa

por mais de duas instâncias

fica livre de devassa,

e do rio quer distâncias.

 

O perfeito ribeirinho

sabe com quem dividir

o vil metal direitinho 

e a todos iludir.

 

Quando vem a piracema

é que ele vai pescar,

depois mostra no cinema

o seu grande exemplar.

 

Meu surubi do Chicão,

já não posso lhe comer!

Com tanta poluição,

prefiro galo cozer.

 

Meu moribundo Chicão,

só posso reconhecer 

e pensar em gratidão,

vendo você padecer.

 

Filhos e netos cresceram

por cima das suas águas,

com você bem aprenderam

a reparar suas mágoas.

 

Não quero estar presente

ao seu lindo funeral

que algum bom presidente

vai decretar em jornal.

 

Ficam nas minhas paredes

dois troféus de grandes noites,

não foram pegos em redes,

mas em anzóis, com açoites.

 

El río São Francisco

Fran está perdiendo,

estará solo con el cisco,

más agua potable ya no teniendo.

 

Es bueno el saneamiento,

al menos en el proyecto.

Pero quién tiene discernimiento

sabe lo que es correcto.

 

Numerario que se transfere

por más de dos instancias

está libre de investigación,

y del río desea distancias.

 

El alcalde ribereño

Sabe con quién dividir

el vil metal, sereno,

y a todos engañar.

 

Mi surubí del Chicáo,

ya no puedo comerlo!

Con tanta contaminación,

yo prefiero cocinar polla.

 

Mi agonizante Chicáo,

sólo puedo reconocer

y pensar en la gratitud,

al verte padecer.

 

Los hijos y nietos

crecieron sobre sus aguas,

con usted bien aprendieron

reparación de sus agravios.

 

No quiero estar presente

a su hermoso funeral,

que algún buen presidente

decretará en el matinal.

 

Ellos están en mis paredes,

dos trofeos de grandes noches,

no fueron atrapados en las redes,

pero en los anzuelos de rayas...

 

 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 38Exibido 590 vezesFale com o autor