Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
127 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13081)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->ESCOMBROS -- 05/09/2006 - 09:33 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131197872152383100




ESCOMBROS

Silva Filho







Há escombros, eu sei!

Que são revirados, filtrados...

À procura da vida

À procura da morte

À procura de tudo

À procura de nada

À procura de sonhos

À procura d’alguém

À procura de sombras

Ou talvez de ninguém.



Há vestígios, eu sei!

São vestígios de vida

São vestígios de sonhos

São vestígios de sombras

São vestígios d’alguém

Entre tantos escombros

Talvez ache meu bem.



Há verdades, eu sei!

Que são maquiadas

Que são deturpadas

Que são mentirosas

Que são procedentes

Que cheiram a rosas

Que são convincentes

Que são inodoras

Que são incolores

Que são sedativos

Que são indolores

Mentiras sinceras

Ou sonhos em cores.



/aasf/





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 396 vezesFale com o autor