Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
21 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57057 )
Cartas ( 21170)
Contos (12599)
Cordel (10080)
Crônicas (22199)
Discursos (3134)
Ensaios - (9003)
Erótico (13395)
Frases (43650)
Humor (18457)
Infantil (3773)
Infanto Juvenil (2689)
Letras de Música (5470)
Peça de Teatro (1317)
Poesias (138245)
Redação (2924)
Roteiro de Filme ou Novela (1055)
Teses / Monologos (2401)
Textos Jurídicos (1925)
Textos Religiosos/Sermões (4854)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->Monstro Novo -- 04/09/2006 - 23:45 (MARIA CRISTINA DOBAL CAMPIGLIA) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos


Montado num milagre,

na noite,

Apareceu teu som, teu contorno.



Nestas árvores pobres,

sem verde ou folhas

Plantei meu sonho.



Como saber do novo?

Como entender teu pranto,

Teu riso - se eu,

Monologando espaços

Acreditei que nunca te cansaria,

Nem mataria,

Nem deixaria?



Como pedir que fiques, se teu espaço

Está cheio de corpos,

de beijos outros

De tantas vozes,

de tanto abraço,

Que não sei mais quem sou-

Nem o que faço?



Vou montar no milagre

que eu amarrei no quarto,

vou pedir a esse monstro,

outro milagre novo.













Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 311 vezesFale com o autor