Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
222 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59012 )

Cartas ( 21232)

Contos (13078)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9397)

Erótico (13483)

Frases (46347)

Humor (19241)

Infantil (4418)

Infanto Juvenil (3659)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138114)

Redação (3046)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1941)

Textos Religiosos/Sermões (5486)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->NAS ASAS DA SAUDADE! -- 03/05/2012 - 09:29 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.
NAS ASAS DA SAUDADE!
Silva Filho



Logo cedo a gente parte
Por esse mundo afora
Deixa tudo e vai embora
Na busca dum baluarte.
O pouco a gente reparte
Antes de deixar a serra
Quem quer vencer nunca erra
O rumo da prosperidade
FOI NAS ASAS DA SAUDADE
QUE VOLTEI PRA MINHA TERRA.

Há um grande sofrimento
No momento da partida
E a fraqueza escondida
Tem a capa de alento.
A mala já no jumento
Um novo mundo descerra
Mas um passado soterra
Sem demonstrar piedade
FOI NAS ASAS DA SAUDADE
QUE VOLTEI PRA MINHA TERRA.

Para trás fica a infância
Marcada com alegrias
Traquinagens e folias
Por toda aquela estância.
Sem ter noção da distância
Um período se encerra
Quando um filho se desterra
E vai pra grande cidade
FOI NAS ASAS DA SAUDADE
QUE VOLTEI PRA MINHA TERRA.

Depois de muitas andanças
O caminho é inverso
Embalado por um verso
Como que em águas mansas.
Já se foram as cobranças
E aquele clima de guerra
O peito já não emperra
Com o peso da vaidade
FOI NAS ASAS DA SAUDADE
QUE VOLTEI PRA MINHA TERRA.

/aasf/
03/05/2012

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 296 vezesFale com o autor