Usina de Letras
Usina de Letras
20 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61949 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10444)

Cronicas (22529)

Discursos (3235)

Ensaios - (10255)

Erótico (13559)

Frases (50353)

Humor (19993)

Infantil (5388)

Infanto Juvenil (4724)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140710)

Redação (3290)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1956)

Textos Religiosos/Sermões (6141)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->Apaixonado -- 01/07/2006 - 11:28 (Antonio Araujo Queiroz Júnior) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
Apaixonado



Queria tanto gritar aos berros meu amor.

Recitar poesias,

te ninar no colo,

preencher teus sonhos de menina mulher.



Enfrentar a vida juntos,

Namorar, noivar, casar.

Ter quantos filhos conseguirmos ter.

Envelhecer.



Meu carinho por você é muito especial.

Esse de filmes e novelas,

Do amor ao primeiro contato,

Dos sonhos.



Mas tenho medo de estar me enganando.

Sonhando acordado mais uma vez.

De não ser correspondido.

De não te ter.



Tão claro como às águas de um rio,

Que define seu próprio caminho,

Sinto que você sabe o que quer,

E esforço-me a esperar.



Paixão,

Êxtase d’alma eloqüente.

Brinca de construir castelos.

De criar reinos inteiros, belos.



Mas a vida é tão incerta.

Que duvido de mim mesmo às vezes.

Falta-me ar, sobram-me lágrimas.

Música linda, só ela.



Se meu violão tivesse aqui.

Se você estivesse aqui.

Se eu pudesse gritar.

E você me ouvir.









Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui