Usina de Letras
Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
186 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 58870 )
Cartas ( 21228)
Contos (13049)
Cordel (10273)
Crônicas (22177)
Discursos (3163)
Ensaios - (9376)
Erótico (13474)
Frases (46123)
Humor (19171)
Infantil (4372)
Infanto Juvenil (3576)
Letras de Música (5473)
Peça de Teatro (1332)
Poesias (138019)
Redação (3040)
Roteiro de Filme ou Novela (1060)
Teses / Monologos (2425)
Textos Jurídicos (1940)
Textos Religiosos/Sermões (5443)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->VEREDICTO -- 01/07/2006 - 11:03 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
.





VEREDICTO

Silva Filho





Uma sombra vou seguindo convergente

Veredicto que a vida m’infligiu

Fragmentos de um Ser onipresente

Ou um nome que a mente produziu.



É um sonho que se sonha acordado

No poema conhecido por quimera

Vendaval que promove um traslado

Alternando vácuo com atmosfera.



Uma sina que não tem mais reversão

Um desejo solto na palma da mão

Companheiros nessa vida passageira.



Conivência perpetrada sem saber

Corolário que promete o prazer

Duma Eva na palha da bananeira.





/aasf/





Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 374 vezesFale com o autor