Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
88 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59013 )

Cartas ( 21233)

Contos (13072)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9398)

Erótico (13482)

Frases (46351)

Humor (19239)

Infantil (4419)

Infanto Juvenil (3662)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138121)

Redação (3046)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1943)

Textos Religiosos/Sermões (5487)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->SOBRANDO EXPLICAÇÕES! -- 14/08/2011 - 09:08 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131438349367175700

SOBRANDO EXPLICAÇÕES!
Silva Filho


Sumiu dinheiro do POVO
Representando milhões
Mas isso não tem problema
Porque sobram explicações
A questão é descobrir
Quem ordenou as prisões.

Como é que a Federal
Vai prender gente honesta
Que pega poucos milhões
Pra fazer alguma festa
E um pouco de turismo
Nesses pontos de seresta.

Sabe bem a Federal
Que não pode usar algema
Pois a Justiça não gosta
De causar tanto dilema
Basta convidar os réus
Pra depor em um cinema.

Dinheiro não é problema
Em merreca de milhão
Os tributos no Brasil
Já vazam pelo ladrão
E quem está na biqueira
Cumpre bem sua missão.

O desvio de recursos
Vai a plano secundário
Porque é mais importante
Punir o autoritário
Que recolheu os amigos
De um Rei mui solitário.

Federal, toma cuidado
Vê com quem está falando
Na hora de pôr algemas
Um cadastro vai mostrando
O nome dos intocáveis
Que ainda estão mamando.

Os milhões surripiados
Jamais voltam ao erário
Pois é dinheiro do Povo
CONHECIDO COMO OTÁRIO!
Depois vem o futebol
Pra mudar nosso fadário.

/aasf/
14/08/2011

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 233 vezesFale com o autor