Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
40 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59040 )

Cartas ( 21234)

Contos (13081)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9402)

Erótico (13483)

Frases (46385)

Humor (19249)

Infantil (4423)

Infanto Juvenil (3673)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138140)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1944)

Textos Religiosos/Sermões (5495)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->DESPEDIDA DE GALA! -- 07/08/2011 - 10:29 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131438347057090900
DESPEDIDA DE GALA!
Silva Filho


Há um fato que assenta
A questão da ladainha
Como que o fim da linha
Pra dizer que não agüenta.
Toda noite a gente tenta
Mas a peça não suporta
A mulher se faz de morta
E o casal se desconcentra
O FERROLHO JÁ NÃO ENTRA
NO BURACO DESSA PORTA.

Com o tempo tudo emperra
Só é bom enquanto dura
E até mesmo a fechadura
O seu trabalho encerra.
O bom cabrito não berra
Pois a lembrança conforta
Peça velha que entorta
Ferramenta que não centra
O FERROLHO JÁ NÃO ENTRA
NO BURACO DESSA PORTA.

Velha porta, companheira
Você me deu segurança
Sem fazer qualquer cobrança
Sem esboçar choradeira.
Eu curtindo a cabeceira
E o sossego na comporta
Chovendo na minha horta
... Vem o tempo e adentra
O FERROLHO JÁ NÃO ENTRA
NO BURACO DESSA PORTA.

/aasf/
02/08/2011

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 218 vezesFale com o autor