Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
51 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59013 )

Cartas ( 21233)

Contos (13072)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9398)

Erótico (13482)

Frases (46351)

Humor (19239)

Infantil (4419)

Infanto Juvenil (3662)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138121)

Redação (3046)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1943)

Textos Religiosos/Sermões (5487)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->SEM RIMA NÃO TENHO CHÃO -- 26/07/2011 - 11:17 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131197871619658700

SEM RIMA NÃO TENHO CHÃO
Silva Filho


Seguindo o curso da vida
Vou cumprindo a minha sina
Algum verso me opina
Pra melhorar qualquer lida.
A verve só é contida
Se me faltar combustão
Com escassez de refrão
Padece meu pobre peito
SEM MULHER NÃO TENHO LEITO
SEM RIMA NÃO TENHO CHÃO.

Tendo a cabocla de lado
O estro não tem clausura
Se meu amor me murmura
Com versos faço reinado.
Vivendo assim enroscado
Sou um refém da paixão
E a ordem do coração
Quando vem eu não rejeito
SEM MULHER NÃO TENHO LEITO
SEM RIMA NÃO TENHO CHÃO.

Amor se faz no Repente
Amor se faz numa cama
A dois compõe-se a trama
De um casal conivente.
E tudo que a gente sente
Tem a maior dimensão
Fora de conotação
Fora de qualquer conceito
SEM MULHER NÃO TENHO LEITO
SEM RIMA NÃO TENHO CHÃO.

Que seja sempre assim
Essa paixão sem limite
Que não recusa convite
Pra viver um amor sem fim.
Minha resposta é SIM
E não respondo em vão
Pois nos confins do sertão
Cada um faz do seu jeito
SEM MULHER NÃO TENHO LEITO
SEM RIMA NÃO TENHO CHÃO.

/aasf/
26/07/2011
Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 302 vezesFale com o autor