Usina de Letras
Usina de Letras
33 usuários online

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 61983 )

Cartas ( 21333)

Contos (13252)

Cordel (10446)

Cronicas (22532)

Discursos (3236)

Ensaios - (10271)

Erótico (13561)

Frases (50402)

Humor (20004)

Infantil (5393)

Infanto Juvenil (4728)

Letras de Música (5465)

Peça de Teatro (1375)

Poesias (140727)

Redação (3291)

Roteiro de Filme ou Novela (1062)

Teses / Monologos (2435)

Textos Jurídicos (1957)

Textos Religiosos/Sermões (6144)

LEGENDAS

( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )

( ! )- Texto com Comentários

 

Nota Legal

Fale Conosco

 



Aguarde carregando ...
Poesias-->As Notas do Mundo - Para Vânia Moreira Diniz -- 30/12/2000 - 20:34 (Andréa Abdala) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
As Notas do Mundo

Para a Amiga Vânia Moreira Diniz





Aqui estamos nós, não é amiga?

Contabilizando dívidas, dinheiro,

juros e correções.

Dando um jeito no livro caixa,

vendo o saldo, somando os débitos da conta bancária.

Aqui estamos nós... a espera do banco abrir

novamente.





Nele somos funcionários e clientes.

Ganhamos cafezinho e pagamos pelos pecados.

Mas também recebemos bônus e créditos

Nossos méritos!.





Este banco com ou sem portas e janelas,

sabe-se lá onde estão os armários,

dele somos inquilinos,

paralelamente proprietários.





Aqui estamos nós amiga,

ainda bem que existem amigos na mesma fila

e dos melhores,

puros de alma, príncipes e lordes.

Amigos pra dar e vender, queridos do coração.





Ainda bem que você está aqui.

Ainda bem que trouxe a sombrinha,

haja sol né amiga? Muito calor!





Ainda bem que falta bem pouco para a porta deste banco se abrir

para novamente juntas.... as notas do mundo

contabilizarmos.





©Andréa Abdala

301200





Carinhosamente

Feliz 2001!

Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Renove sua assinatura para ver os contadores de acesso - Clique Aqui