Usina de Letras
Usina de Letras
63 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59276 )

Cartas ( 21241)

Contos (13148)

Cordel (10297)

Crônicas (22219)

Discursos (3164)

Ensaios - (9464)

Erótico (13486)

Frases (46713)

Humor (19313)

Infantil (4488)

Infanto Juvenil (3785)

Letras de Música (5484)

Peça de Teatro (1337)

Poesias (138414)

Redação (3059)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5564)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Poesias-->INSÔNIA -- 02/05/2006 - 22:45 (benedito morais de carvalho(benê)) Siga o Autor Destaque este autor Envie Outros Textos
SAÚDO-TE INSÔNIA

COMPANHEIRA ASSÍDUA

ALTIVA,INTEMPESTIVA,

ÉS CAÇADORA

SOU A PRESA

SINISTRA DAMA NOTURNA

INVADE O MEU LEITO

UIVANDO FEITO LOBA NO CIO

ROLAMOS JUNTOS

NOITE A DENTRO

ENTRELAÇADOS

NOS ODIAMOS MUTUAMENTE

MATA-ME DE CANSAÇO

MATO-TE DE TÉDIO

PASSIONALMENTE

NOS MATAMOS



benemorais@ig.com.br



Novo LIVRO do autor programado para JUNHO/2006
Comentarios
O que você achou deste texto?     Nome:     Mail:    
Comente: 
Perfil do AutorSeguidores: 49Exibido 453 vezesFale com o autor