Usina de Letras
Usina de Letras
                    
Usina de Letras
30 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 


Artigos ( 57784 )
Cartas ( 21194)
Contos (12696)
Cordel (10211)
Crônicas (22323)
Discursos (3143)
Ensaios - (9130)
Erótico (13429)
Frases (44611)
Humor (18715)
Infantil (3977)
Infanto Juvenil (2918)
Letras de Música (5483)
Peça de Teatro (1321)
Poesias (138434)
Redação (2958)
Roteiro de Filme ou Novela (1056)
Teses / Monologos (2413)
Textos Jurídicos (1931)
Textos Religiosos/Sermões (5051)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->POMBAL CANTADO EM CORDEL -- 21/05/2011 - 22:17 (José de Sousa Dantas) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos

POMBAL CANTADO EM CORDEL

É com orgulho e prazer
que escrevo este CORDEL,
para poder expressar
com estro de menestrel
a riqueza de POMBAL
e o seu potencial,
de forma digna e fiel.

POMBAL é um berço fértil,
abundante e acolhedor,
cheio de vida e cultura,
de esperança e amor,
dos mais bonitos do mundo
com seu encanto profundo,
magnífico e promissor.

Meu pensamento viaja
ao me lembrar de POMBAL,
onde nasci, me criei,
num ar puro e natural,
num ambiente agradável,
de clima quente e saudável,
de belezas sem igual.

Bem-Vindos ao município,
terra-berço do CORDEL,
do mestre LEANDRO GOMES,
um brilhante menestrel,
conhecido em toda parte
pela sua grande arte
em mídia, filme e papel.

Conheça os PONTOS TURÍSTICOS:
o Largo do Centenário,
a Praça, a Cadeia Velha,
a Igreja do Rosário,
a Velha Rua da Aurora...
e a Coluna da Hora
no seu compasso diário.

O FOLCLORE de POMBAL
mantém suas tradições
com o Reisado e os Congos,
e os Negros dos Pontões,
que na FESTA DO ROSÁRIO
fazem um poético cenário
de shows e apresentações.

No palanque da Igreja,
o mestre ARLINDO UGULINO
com seu discurso empolgante
ao som do toque do sino,
e ao fim das celebrações,
são cantadas as canções,
MARINGÁ e o nosso HINO.
 
MARINGÁ é u'ma música
das mais belas do País,
que enaltece POMBAL,
como a própria letra diz,
emociona e ecoa,
toca a alma da pessoa,
deixa o coração feliz.

Berço de filhos ILUSTRES
de fama nacional,
com projeção e destaque
no cenário mundial,
que na sua trajetória
lutaram e fizeram história,
de uma forma magistral.

Leandro Gomes de Barros,
Celso Monteiro Furtado,
Ruy Carneiro, Arruda Câmara,
José Medeiros Delgado,
e outros filhos de POMBAL
de talento genial,
que muito lhe têm honrado.

LEANDRO GOMES DE BARROS
foi um grande menestrel
da poesia popular,
que cumpriu o seu papel;
um dos mestres da cultura,
o Pai da Literatura
do Folheto de CORDEL.

CELSO FURTADO nasceu
na cidade de POMBAL,
foi diplomado em Direito,
do Exército, oficial,
Doutor em Economia,
membro da Academia
de Letras Nacional.

Pelo clima, solo e água,
POMBAL possui vocação
para a agropecuária,
permitindo a geração
de renda, emprego, alimento,
para o abastecimento
interno e da região.

Congrega a maior BACIA
LEITEIRA da região,
um pólo que se destaca
pela sua produção,
e da RAÇA SANTA INÊS,
ocupa, por sua vez,
a primeira posição.

Experimente as delícias
da CULINÁRIA local
e desfrute da comida
de sabor especial,
que agrada ao paladar
e faz a gente voltar
à cidade de POMBAL.

Quem visita o MUNICÍPIO,
passeia e se extasia
com as suas maravilhas
e a sua simpatia,
o cenário encantador,
repleto de esplendor,
de beleza e POESIA.

 Bonito por natureza
e abençoado por DEUS,
POMBALtem vivenciado
declínios e apogeus,
preservando na memória
o acervo da história
do mundo e dos filhos seus. 
 
Ao receber o convite
do poeta MANOEL
MONTEIRO, me empenhei
para cumprir meu papel,
CORDELANDO A PARAÍBA,
permitindo que se exiba
POMBAL CANTADO EM CORDEL.
 
C ordel com 82 estrofes de sete sílabas
Versos de autoria de José de Sousa Dantas
Projeto Cordelando a Paraíba: Coordenação do poeta cordelista Manoel Monteiro
Impressão: Gráfica Martins
Apoio Cultural: Prefeitura Municipal de Pombal
 
 Extrato do texto da Prefeita de Pombal, Yasnaia Polyyanna Werton Feitosa:
 
“Toda esta magia à luz da competência literária de José Dantas, em seus versos, estrofes, atrai nosso olhar para Pombal do Rio Piancó/Piranhas, da Festa do Rosário, dos Grupos Folclóricos, da Cabocla Maringá, dos seus filhos notáveis e de Leandro Gomes de Barros – o Pai do Cordel.”
 
Extrato do texto da Professora Ione:
 
“Este cordel nos traz o gostinho das histórias e causos que ficaram até agora guardados na memória popular, e alimentado pelas reminiscências o poeta constrói seus versos apresentando os arquétipos da história de Pombal.”
 
Extrato do texto do poeta cordelista Manoel Monteiro, autor do Projeto Cordelando a Paraíba:
 
“Ler cordel é tão bom quanto comer fruta madura ou beber água de fonte. Então, nada mais justo do que a – PÁTRIA DE LEANDRO – ter sua história contada por seus poetas populares. Pensando nisto imaginei o Projeto: CORDELANDO A PARAÍBA onde cada município mostra-se a turistas e investidores pelos versos de um cordel.”

   


 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 69Exibido 1308 vezesFale com o autor