Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
202 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59061 )

Cartas ( 21235)

Contos (13084)

Cordel (10287)

Crônicas (22192)

Discursos (3163)

Ensaios - (9412)

Erótico (13484)

Frases (46425)

Humor (19256)

Infantil (4428)

Infanto Juvenil (3686)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1336)

Poesias (138178)

Redação (3049)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2427)

Textos Jurídicos (1945)

Textos Religiosos/Sermões (5503)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->AMPARO NA VERDADE -- 01/04/2009 - 21:57 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131151910827768600

AMPARO NA VERDADE
Silva Filho





Tolerar charlatão é diferente
Do respeito que a lei estipulou
No Direito toda seita se moldou
Sob a égide duma norma competente.
O Direito é Ciência consistente
Permitindo um convívio salutar
Para o Homem que ousou ultrapassar
Um período de tamanha escuridade
QUEM ESTÁ AMPARADO NA VERDADE
BEM QUE PODE A MENTIRA AÇOITAR.

Criticar charlatão não é pecado
Não é crime e tampouco infração
Acho até um dever e obrigação
De quem tem o desvio comprovado.
Todo mal deve ser bem enfrentado
Sem paixões e sem venda no olhar
Com cuidado na missão de censurar
De acordo com nossa capacidade
QUEM ESTÁ AMPARADO NA VERDADE
BEM QUE PODE A MENTIRA AÇOITAR.

Não podemos ampliar o universo
Que contenha somente as exceções
Pelas regras nós tiramos ilações
E sem elas o contexto é inverso.
Até mesmo se o tema é transverso
Não podemos no escuro apostar
Sem noção do que vamos condenar
E por isso aumentando a gravidade
QUEM ESTÁ AMPARADO NA VERDADE
BEM QUE PODE A MENTIRA AÇOITAR.

Sobre seitas muitas são as divergências
E com o tema nunca faço seminário
Hoje venho como simples emissário
Do Direito e das nossas consciências.
Cada um que procure as evidências
Que procure a consciência cultivar
Sem que os erros, venha generalizar
Condenando por paixão ou veleidade
QUEM ESTÁ AMPARADO NA VERDADE
BEM QUE PODE A MENTIRA AÇOITAR.

aasf
09/01/2004.



 

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 646 vezesFale com o autor