Usina de Letras
                                                                         
Usina de Letras
154 usuários online

 

Autor Titulo Nos textos

 

Artigos ( 59012 )

Cartas ( 21232)

Contos (13078)

Cordel (10287)

Crônicas (22188)

Discursos (3163)

Ensaios - (9397)

Erótico (13483)

Frases (46347)

Humor (19241)

Infantil (4418)

Infanto Juvenil (3659)

Letras de Música (5476)

Peça de Teatro (1335)

Poesias (138114)

Redação (3046)

Roteiro de Filme ou Novela (1060)

Teses / Monologos (2425)

Textos Jurídicos (1941)

Textos Religiosos/Sermões (5486)

 

LEGENDAS
( * )- Texto com Registro de Direito Autoral )
( ! )- Texto com Comentários

 

Nossa Proposta
Nota Legal
Fale Conosco

 



Cordel-->GOTAS DE DESABAFO -- 22/03/2009 - 08:43 (Andarilho) Siga o Autor Destaque este autor Destaque este Texto Envie Outros Textos
Número do Registro de Direito Autoral:131151910065691700


GOTAS DE DESABAFO
Silva Filho


Um produto precioso
Imprescindível na vida
Com apenas quatro letras
Tem sua data merecida
Vamos lembrar que a ÁGUA
Não pode ser esquecida.

Nas bacias hidrográficas
Ficam as concentrações
Envolvendo muitos rios
Em diversas direções
Quis assim a Natureza
Pra banhar todos rincões.

Na linha do subsolo
Temos o lençol freático
Como fonte garantida
Desse produto temático
Quem destrói a Natureza
Tem a pecha de lunático.

Temos ÁGUA pelos mares
Temos ÁGUA nas nascentes
ÁGUA temos nos riachos
Que se dizem afluentes
Pra formar os grandes rios
Somam-se várias correntes.

Para não faltar na Terra
Pela chuva vem reforço
Quando passa da medida
Pode ser algum desforço
Natureza contra o Homem
Pelo seu mortal esforço.

A ÁGUA nos seres vivos
É componente vital
Sem ÁGUA todos murchamos
Num processo natural
Porque sem hidratação
A vida tem seu final.

Mas o mundo está perdido
Na questão da consciência
Dejetos chegam aos rios
Ninguém toma providência
Lixo, terra, pedra e pau
São as provas da demência.

Rios são assoreados
Nascentes são desmatadas
Águas que antes corriam
Hoje são águas paradas
O Globo está aquecendo
Ondas estão revoltadas.

Pra maquiar o problema
Falam do consumidor
Gastando água tratada
Sem pensar no seu valor
Transferindo ao cidadão
A fama de predador.

ÁGUA TRATADA NÃO FALTA
Se pouparem as nascentes
Se os rios viajarem
Conduzindo as correntes
Se a vergonha desaguar
Em muitos crânios dementes.

/aasf/
22/03/09

Comentários

O que você achou deste texto?        Nome:     Mail:    

Comente: 
Perfil do Autor Seguidores: 1Exibido 555 vezesFale com o autor